Endereço do imóvel: divulgar ou não divulgar?

Tempo de leitura: 5 minutos

Este assunto é polêmico e gera longas discussões entre os profissionais do mercado imobiliário. Desde que a internet se popularizou e os portais de anúncios e sites de imobiliária se tornaram as maiores fontes de pesquisa para quem procura um imóvel, começaram a pipocar debates sobre o assunto. Segundo uma pesquisa do VivaReal, mais de 90% das buscas de imóveis começam na web. Só por ai da para ter uma ideia do volume de pessoas buscando o imóvel dos sonhos online. Será que essas pessoas gostariam de ver o endereço no anúncio?

Para que você mesmo tire suas próprias conclusões, vamos pontuar as vantagens e desvantagens de divulgar o endereço do imóvel. Além disso, teremos a opinião de alguns profissionais do mercado imobiliário.

 

Por que divulgar?

endereço do imovel

Para quem defende a divulgação do endereço, as principais vantagens são:

  • Divulgar o endereço dos imóveis é uma tendência do mercado. Portanto, sua imobiliária poderá se destacar entre os concorrentes;
  • Melhora a experiência do cliente, que prefere já saber o endereço na pesquisa;
  • Economiza tempo de atendimento, já que a imobiliária não perde tempo com quem não está realmente interessado;
  • Anúncio fica mais completo e transmite confiança.

Por que não divulgar?

endereço do imovel

Por outro lado, citamos apenas duas desvantagens quanto à divulgação do endereço. Porém, elas são as piores possíveis já que significam risco de perder uma venda:

  • Concorrência pode tentar captar o imóvel;
  • Cliente pode fechar direto com o proprietário.

Qual a opinião do mercado

endereço do imovel

Para continuar o debate, entrevistamos alguns profissionais que têm sólida experiência no mercado imobiliário. Eles contaram pra gente o que acham do assunto.

 

Não concordam


logo-certaHugo Almeida, gestor da
Certa Imóveis – imobiliária com atuação em Governador Valadares e mais três filiais no Vale do Aço – diz que atualmente não concorda em divulgar: “Infelizmente o mercado tem mostrado que ainda não está preparado para esta divulgação. Entendo a importância de colocar as informações completas e detalhadas, e esse é o nosso objetivo, porém infelizmente temos que ter esse cuidado hoje em dia.”

 

claronetimoveisAntônio Xavier, diretor da Resimóveis e da Claro, ambas imobiliárias da rede Netimóveis, também não concorda. Para ele, “sem divulgar o endereço já passamos muitas vezes pela “furada” do cliente procurar direto o proprietário para tirar o corretor do negócio. Mediante isso, temos a possibilidade de cobrar na justiça a comissão, juntando a ficha de visita do imóvel, a autorização de vendas e o registro em nome dos envolvidos e cobrando judicialmente. Com a divulgação do endereço, o comprador com certeza vai procurar direto o proprietário sem passar na imobiliária, pois não teremos como controlar a visita. Infelizmente vivemos em um país da lei de Gerson. O preço médio dos imóveis nos bairros que trabalho é de 400 mil. A comissão representa 24 mil, uma verdadeira tentação para os “espertos” retirarem o corretor da jogada. Geralmente não dão valor ao trabalho do corretor que dá toda segurança jurídica ao negócio.”

 

Concordam

lar-imoveisArlene Gomes, diretora de marketing da LAR Imóveis – empresa com mais de 35 anos de mercado – concorda em divulgar o endereço, pois acredita que as imobiliárias precisam facilitar a vida do cliente e encurtar o caminho. Outro detalhe, ressalta Arlene, “é que sem o endereço não podemos usar aplicativos, que é uma tendência de mercado. Além disso, várias pesquisas mostram as vantagens da divulgação dos endereços.”

 

SancruzaCarlos Henrique G. Santos, diretor comercial da Sancruza Imóveis – maior imobiliária de Contagem, também concorda com a divulgação. Ele acredita que “O bônus em divulgar o endereço supera o ônus de uma empresa concorrente fazer a captação do seu imóvel. Hoje as pessoas estão muito sem tempo e acredito que quando elas têm informações mais detalhadas dos imóveis, o interesse acaba sendo maior e o número de contatos recebidos aumenta muito”.

 

souza-gomesJá para Diogo Souza Gomes, diretor da Souza Gomes Imóveis – maior imobiliária de Juiz de Fora e eleita o melhor site imobiliário do país pelo prêmio VivaReal – “Esse é um assunto que divide opiniões até entre nossos corretores, mas acredito que a divulgação dos endereços seja necessária sim, e nós divulgamos todos os endereços desde 2014 em nosso site e outros portais. Quem não divulga não o faz por um único motivo: medo do “corretor concorrente” saber o endereço do imóvel e ir até lá fazer essa captação. Em uma cidade menor como a nossa é muito fácil captar sem o endereço. Com a fachada do prédio ou mesmo com a descrição detalhada e o valor, qualquer corretor experiente sabe quais são os possíveis prédios daquele anúncio.”

E continuou…

“A não divulgação da fachada e/ou do endereço do imóvel prejudica o maior interessado que é o cliente, que cada vez mais quer informações precisas e detalhadas para conhecer a rua e o bairro. O cliente quer acessar pelo celular, ver o anúncio e na mesma hora passar em frente usando o GPS, para somente depois de gostar da região e da “cara” do imóvel, entrar em contato para uma visita. Isso poupa o tempo dele, e também da imobiliária.”

 

 

Conclusão

Deu pra perceber o quanto o assunto divide opiniões e rende ótimas discussões no mercado. Os que defendem alegam estar seguindo uma tendência e se preocupando com a experiência do cliente. Os que não concordam se mostram receosos em relação a concorrência e falta de ética dos próprios clientes.

Qual sua opinião sobre o assunto?

Você concorda com a divulgação do endereço dos imóveis na internet?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

9 Comentários


  1. A questão da divulgação ou não do endereço do imóvel, a meu ver, está intrinsecamente ligada a existência ou não da exclusividade. Se há exclusividade, o que o mercado deve sempre perseguir, não há porque não divulgar.

    Responder

    1. Primeiramente parabéns pelo dia do Correto!
      Quanto a divulgação do endereço, estamos em um momento de transição, divulgo ou não?
      Sim pelo comprador, e não para a concorrência e muitos casos, não pela segurança dos moradores do imóveis.
      Mas como tudo na vida, os problemas foram feitos para serem superados. Estou estudando soluções inovadoras para esse assunto. Obviamente, ainda não posso divulgar.
      Obrigado pela oportunidade de escrever sobre o assunto.
      Att. Reginaldo Corretor de Imóveis – Uberlândia – MG

      Responder

    2. Trabalho em Brasília, a cidade tem características únicas.
      A publicação do endereço de forma literal, torna-se dispensável, pois a localização por quadra ou condomínios, é suficiente para que o cliente saiba a localização, bem como, as características do imóvel quando tratar-se de apto.
      Nas demais praças, penso que, quando houver exclusividade, não há porque não divulgar o endereço.
      Aproveitando a oportunidade, gostaria de solicitar aos portais, que analisem a possibilidade divulgar os imóveis de Brasília, no sistema antigo do wimóveis, que facilitava a localização, tanto para o cliente, como para os anunciantes.

      Responder

  2. Os portais inventaram esse dispositivo para melhorar o ranking! Não concordo com a divulgação do endereço pois vendemos informações que é o nosso negócio !

    Responder

    1. Muitas vezes o cliente vem através de um anuncio e procura o corretor que anunciou o imovel . A partir dai cabe ao profissional identificar a real necessidade do cliente e conduzi lo ao melhor negocio .
      Imagine um cliente, entrando no escritorio de uma imobiliaria que fica em uma sala do predio onde ele esta procurando o imovel do anuncio . quem tera acesso primeiro nesse cliente para ajuda lo e conduzir a negociação ?????

      Responder

  3. Carina,
    Bom dia.

    Quando se fala em colocar endereço de um imóvel à venda, parece que é falta de assunto. Tem muitas outras boas informações para trocarmos.
    Não se esqueça que moramos num país com a moral completamente destroçada pelo maucaratismo.
    Se você coloca endereço, coloca a segurança dos moradores em risco.
    Eu mesmo fiz um anuncio de um apartamento no Viva Real. Com o meu telefone particular.
    Ao ser contactado por um “cliente”, sua primeira pergunta foi se eu era o proprietário.
    Levei adiante a farsa e disse que sim.
    Recebi a visita do provável comprador. Não me identifiquei como Corretor de Imóveis.
    Adivinhe. Sua proposta foi exatamente o valor pedido menos a comissão de 6%.
    Temos muitas outras coisas para aprendermos. Por que não trocarmos informações e conhecimento?
    A maioria dos Corretores não tem noção de técnicas como= Negociação, Prospecção Fechamento.
    Parem dese preocupar com esta bobagem de informar o endereço.
    Ivanor.

    Responder

    1. Olá Ivanor!
      Muito obrigada por comentar, nosso objetivo aqui no blog e justamente gerar um diálogo entre os profissionais do mercado imobiliário.
      Em relação a divulgação do endereço do imóvel, vimos que este é um tema bem polêmico e que divide opiniões, justamente por isso o trouxemos para o blog. Entre nossos clientes e parceiros, por exemplo, existem aqueles que compartilham da mesma opinião que a sua, já outros acreditam que mesmo correndo o risco vale a pena divulgar o endereço.
      Aproveito para convidá-lo a conhecer outros posts, videos, e materiais do blog, com temas diversos.
      Abraços,

      Responder

  4. Da forma em que o acesso a informação está facilitada, pelo quantidade de correspondentes imobiliários que fazem o tramitação bancária, divulgar o endereço é entregar seu agenciamento (o suor do seu trabalho) para que as pessoas usem seu serviço gratuitamente para fechar negócio direto. Acredito que nem se deveria mais colocar placas nas casas se não houver exclusividade.

    Responder

    1. Olá Ricardo, obrigado pela sua participação e opinião. Muito bom ouvir todos os lados. De fato esse é o maior empecilho para se divulgar o endereço. Mas pense pelo lado do cliente comprador… não seria uma informação importante para ele durante o processo de compra? Enfim… é uma ampla discussão mas que com o passar do tempo as mudanças estão acontecendo.

      Grande abraço

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *