08 Piores erros de quem quer comprar um imóvel

Tempo de leitura: 7 minutos

Podemos dizer sem sombras de dúvidas, que o maior sonho de consumo dos brasileiros é a casa própria. Uma pesquisa do SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) e da CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas), mostrou que 3 em cada 10 brasileiros tem este sonho e 93% acreditam que vão realizá-lo.

Porém, existem vários fatores que devem ser levados em consideração, para que o sonho não vire um verdadeiro pesadelo. É papel do corretor de imóveis ajudar e instruir seu cliente, para que ele possa fazer uma excelente compra. Por isso, listamos aqui os 08 piores erros cometidos por quem quer comprar imóvel, para que você possa auxiliar seus clientes, e não deixar que eles os cometam.

Tentar comprar um imóvel direto com proprietário

tentar-comprar-um-imovel-direto-com-proprietario

Comprar imóvel, por si só, é uma situação que exige muita atenção do comprador. Corretores de imóveis são profissionais autorizados para fazer esta transação da forma mais transparente e segura possível. Porém, muitas pessoas acreditam que comprar direto com proprietário pode ser um ótimo negócio, já que não teriam que pagar a comissão do corretor. Mas, cuidado! Lembre-se que o barato pode sair caro, ou acabar de trazendo um transtorno enorme no futuro.

Imagine ter que se atentar (sozinho e sem conhecimento necessário) à estrutura do imóvel, documentações, taxas, impostos, financiamento, etc? É muito fácil cair em um golpe, não é mesmo?

Por isso, na hora de fazer essa importante compra, conte com o auxilio de um profissional devidamente regulamentado e preparado.

Não verificar a documentação do imóvel

Não verificar a documentação do imóvel

Como falamos no item anterior, comprar imóvel exige atenção e verificação de uma série de documentos. Mesmo que você esteja realizando esta transação com um corretor de imóveis, esteja atento a documentos, como: Certidão de Registro de Imóveis, Certidão de débito do IPTU, Certidão de débito do condomínio, etc. Solicite estes documentos à imobiliária e examine todos.

Não fazer várias visitas ao imóvel

Não fazer várias visitas

Não tenha preguiça de visitar vários imóveis e o mesmo imóvel várias vezes. É hora de investir um pouco do seu tempo nessa decisão importante. Visite o imóvel em diferentes horários e dias da semana. Agindo assim, você poderá analisar a incidência do sol – em que parte da casa e em que momento bate sol, se na manhã ou na tarde. À noite, você verifica barulhos de automóveis e a movimentação na rua. Vá também num dia de muita chuva e confira as condições da rua e do entorno, etc.

Corretor de imóveis: Essa também é a hora do seu show! Impressione o cliente com um bom atendimento, boa postura profissional e visite os imóveis selecionados para entender ainda mais o perfil do cliente. Aproveite para destacar o que a região tem de melhor e que pode valorizar o imóvel ao olhos do cliente.

Leia também  INFOGRÁFICO: Funil de vendas - Por que usar?

Assinar o contrato sem ler

Assinar contrato sem ler

Uma pesquisa exibida em 2014 no Jornal da Cultura, mostrou que 70% dos brasileiros assinam contratos sem ler. Esse é um dos piores erros que você pode cometer ao comprar um  imóvel. Afinal, este é um investimento alto que comprometerá seu orçamento e até  seu estilo de vida.  Por isso, não tenha vergonha de falar que não entendeu nada, nem de perguntar. Peça a cópia do contrato para levar para casa e ler com calma. É melhor gastar um pouco de tempo pesquisando, estudando, aprendendo, consultando outras pessoas para evitar problemas, do que passar o resto da vida tentando resolver problemas gerados por uma simples assinatura no final de um péssimo contrato.

Corretor de imóveis: esta é a hora de mostrar seu papel de consultor e assessorar o cliente, explicando todas as cláusulas e sanando suas dúvidas com transparência.

Comprar imóvel incompatível com o seu padrão de vida

Comprar imóvel incompatível com o seu padrão de vida

Na hora de comprar imóvel, não se deve observar apenas o valor da parcela.  Não é porque a parcela cabe no seu bolso que você ficou rico e pode morar em um condomínio de alto padrão. Ao assumir um financiamento de longo prazo, você estará comprometendo anos da sua renda familiar. Ou seja, além dos gastos que você já tinha, ainda terá uma parcela fixa, reduzindo sua renda mensal. Por isso, ao escolher seu novo endereço, se atente ao valor do condomínio e demais custos de vida da região, e avalie o impacto geral que isso causará em sua vida.


Comprar imóvel sozinho(a)

Comprar imóvel sozinho

Em média, os brasileiros compram de 01 à 02 imóveis durante toda vida. Por este motivo, são poucas as pessoas que possuem alguma experiência. Por se tratar de um “sonho”, é normal nos envolvemos emocionalmente com o imóvel que pretendemos comprar, tornando essa decisão muito mais emocional do que racional.

Justamente por isso, permitir que membros da família, amigos e pessoas que você confia participem do processo de compra, será importante para que elas possam opinar de forma mais racional. Uma segunda opinião será bem vinda, para que você possa ponderar com mais calma as opções de compra.

Não entender as opções de financiamento

Não entender as opções de financiamento

Se você deseja comprar imóvel e não possui o valor para pagar a vista, o primeiro passo que deve tomar é pesquisar as opções de financiamento disponíveis. Os  tipos mais populares de financiamento de imóvel são a tabela Price e o Sistema de Amortização Constante. Na Price as parcelas se mantêm uniformes ao longo do processo, mas o juro cresce, o que aumenta o valor final da parcela. No SAC, usada em 80% a 90% dos financiamentos, as parcelas são constantes, mas os juros são maiores no início. Desse modo, as parcelas iniciais ficam mais altas e, conforme o contrato avança, o valor delas cai.

Dica: Ao optar pelo parcelamento, também é necessário se planejar muito bem. Afinal, você está assumindo um compromisso financeiro alto. Pergunte muito e tire todas as suas dúvidas com o corretor de imóveis, que deverá auxiliá-lo em todo processo.

Ignorar os gastos extras

Ignorar os gastos extras

Quando decidir realmente comprar seu imóvel, esteja preparado para os gastos extras. Muita gente leva em conta apenas o valor do imóvel em si, mas na verdade é preciso ter uma reserva financeira para arcar com uma série de custos elevados por ocasião da compra.

No caso de imóveis já construídos considere ITBI (Imposto de Transmissão de Bens Imóveis), IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e as taxas de condomínio. Já nos imóveis na planta, temos Escritura, Registro do Imóvel, ITBI e a variação do INCC (Índice Nacional de Custos na Construção). Além disso, tem o imposto de transferência, os gastos com cartório e com a mudança. Por isso, reserve um valor extra para estes gastos e evite ser pego de surpresa.

Corretor de imóveis: Transparência é um valor fundamental na corretagem de imóveis. Deixe seu cliente ciente de todas as taxas e esclareça a necessidade de cada uma.

 

Conclusão

Para quem está no mercado imobiliário há muito tempo, já sabe que estes erros são bastante comuns por parte dos compradores. Isso apenas reafirma a importância e o papel do corretor de imóveis, atuando como consultor, nas transações imobiliárias.

Compartilhe este artigo com mais pessoas e ajude a tornar o mercado imobiliário mais profissional e inovador.

Acredita que algum erro terrível ficou de fora? Conta pra gente nos comentários abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *