Passe longe desses 08 golpes do mercado imobiliário

Tempo de leitura: 6 minutos

Comprar um imóvel do Brasil é um processo bem burocrático e que exige uma boa dose de conhecimento e atenção aos detalhes. Facilitar e agilizar esse processo é o principal papel dos corretores de imóveis. Porém, existem “falsos corretores”, pessoas que agem de má fé para se aproveitar da falta de conhecimento de quem está comprando ou alugando um imóvel.

Por isso, pesquisamos os principais golpes aplicados no mercado imobiliário para que você fique alerta e redobre a atenção.

Leia também  O que uma boa imobiliária deve ter para me ajudar a escolher meu primeiro imóvel?

Documentação falsa

Documentação falsa

Neste caso, uma pessoa que se passa por vendedor de imóvel e obtém a cópia da escritura no cartório com os dados do verdadeiro dono. Assim, ele falsifica os documentos, incluindo o número da carteira de identidade e CPF. No dia de assinar a nova escritura, quem aparece não é o verdadeiro dono do imóvel e sim o falso vendedor. Ou seja, o golpista vende o imóvel se passando por outra pessoa.

Quando o verdadeiro dono descobrir, ele com certeza tentará reaver o imóvel, e o comprador ficará com o prejuízo.

 

Documentação Suja

Documentacao Suja

Mais um caso envolvendo a documentação, que é fundamental na transação imobiliária. O dono do imóvel está com o nome sujo e promete compra e venda do imóvel para um conhecido que tem ficha limpa e que não abre mão das certidões negativas do dono. Esta pessoa vende o imóvel para terceiros. A venda pode ser anulada se o verdadeiro proprietário for acionado para pagar os débitos.

Venda do mesmo imóvel para várias pessoas

golpes no mercado imobiliário

O dono negocia e vende o imóvel para várias pessoas ao mesmo tempo, aproveitando a mesma documentação. Um comprador não tem conhecimento da existência do outro. Ao receber o sinal ou até mesmo o valor total dos compradores, o vendedor desaparece. Legalmente, o dono é quem registrar primeiro. Os demais compradores ficarão no prejuízo.

 

Localização errada ou inexistente

golpes no mercado imobiliário

Este golpe é comumente aplicado na venda de lotes. O vendedor negocia o lote, mas a localização do lote vendido não corresponde ao endereço de registro de imóvel. Em outros casos, o falso corretor vende um loteamento que nem existe.

Cônjuge sem consentimento

golpes no mercado imobiliário

Segundo a legislação vigente, nenhum imóvel de posse de um casal pode ser vendido sem comum acordo. Isso é válido para qualquer regime de casamento, até mesmo absoluta separação de bens. Neste tipo de golpe, o marido ou a mulher vende o imóvel sem consentimento do cônjuge. Apresenta-se procuração falsa e a venda é realizada. Caso o outro cônjuge descubra, o mesmo pode solicitar a anulação da venda.

 

Golpe da portaria

golpes no mercado imobiliário

Neste golpe, o falso corretor vê o anúncio do imóvel no jornal ou em algum portal, no qual informa que as chaves do apartamento para locação estão na portaria. Ele leva interessados para ver o imóvel, fazendo o papel do corretor, e os convence a pagar uma taxa para reservar o imóvel. Depois de pagar, o interessado não vê mais o “corretor”. Outro caso conhecido que segue a mesma linha: o golpista que se diz corretor na portaria do prédio, sobe ao imóvel, faz um molde de cera com a chave e passa a ter livre acesso.

Viagem do proprietário 01

golpes no mercado imobiliário

Neste caso, o falso corretor usa a história de que o dono do imóvel está viajando e, como vai demorar, aceita alugá-lo por um preço bem menor, para não deixá-lo vazio por muito tempo. Esse golpe é realizado através do golpe das chaves na portaria. Como nos outros casos, é praticamente impossível encontrar o “corretor” novamente.

Viagem do proprietário 02

golpes no mercado imobiliário

Outro golpe também relacionado à viagem do proprietário: o falso corretor oferece o imóvel dizendo que o dono precisa viajar com urgência e por isso está querendo um aluguel muito abaixo do de mercado. O golpista diz que o imóvel está fechado ou mostra o de um cúmplice. Quando o locatário entrega o dinheiro, o falso corretor também desaparece.

 

Como evitar cair em golpes

golpes no mercado imobiliário

Listamos algumas dicas que podem te ajudar:

  • Ao realizar qualquer transação de compra/venda ou aluguel de imóveis, esteja assessorado por um corretor devidamente registrado no CRECI. Para consultar se o vendedor é mesmo um corretor de imóveis, basta acessar o site do CRECI da sua região e digitar o nome do profissional. Se ele estiver ATIVO, aparecerá o nome e o número do CRECI, o que significa que é mesmo um corretor de imóveis.
  • Procure uma imobiliária devidamente registrada e com boa reputação. Visite o site da imobiliária e procure por referências em sites de avaliação e reclamações.
  • Faça visitas ao imóvel ou lote, de preferência em horários diferentes e fique atento a qualquer movimentação que pareça fora no normal.
  • Fique atento: o loteamento devidamente registrado no cartório de imóveis tem a indicação da sua estrutura já tem que estar devidamente remarcado. “Se a planta do lote não está registrada, não compre”.
  • Desconfie de propostas irrecusáveis e preços muito baixos. Pode ser o atrativo utilizado pelos golpistas. Desconfie também das justificativas. Em geral, os criminosos alegam problemas de saúde na família ou necessidade de viagem urgente.
  • Se você for proprietário, só entregue seu imóvel para corretores devidamente registrados, como mencionamos na primeira dica. Também verifique em quais sites seu imóvel está sendo anunciado, pois um falso corretor pode ter feito um anúncio falso.
  • Caso esteja começando sua busca de imóveis pela internet, acesse sites e portais conhecidos e confiáveis.
  • Percebendo algo errado, ligue para a polícia e denuncie.

Leia também O guia completo do CRECI: Tudo que você precisa saber

Use este artigo para informar e auxiliar seus clientes sobre os riscos de realizar uma transação imobiliária sem um corretor de imóveis.

E você, conhece outro golpe comum no mercado imobiliário que não mencionamos acima? Conte-nos através dos comentários.

10 Comentários



  1. Outro golpe e de que a não conhecida ainda penhora on line em que o proprietário do imóvel foi cobrado em conta bancária sem ser dado a administratividade do bem que foi a leilão com a saída forcada de policiais armados do imóvel a 10 anos em litigio onde alegam falta de entendimento jurídico. Moramos em uma kitnete em Curitiba mal da para se mecher pedimos os lucros cessionarios e alimentos e ainda não fomos ouvidos … Esse golpe já acontece ha 8 anos e parece me por vaidade de ícones sociais uma injustiça.

    Responder

    1. Olá, Andrea! Obrigada por comentar. Continue acompanhando o nosso blog. Abraços!

      Responder

  2. Ola, tudo bem?? Meu nome é Diogo, tenho um imóvel e anunciei para alugar, mas a proposta apresentada me deixou com o pé atras, gostria da opinião de vocês. A proposta foi a seguinte:
    ” eu alugo seu apartamento por 12 meses,pago o valor total a vista,no fim dos 12 meses eu te pago o valor que vc pede hoje ,135 mil,nesse periodo de 12 meses meu cliente ja vai estar morando no imovel… tudo isso em contrato de aluguel,e de compromisso de compra com multa recisoria casa nao cumpra o contrato.” Conforme descrito no whatapp. Em que vocês podem me orientar? A pessoa não perguntou sobre o imóvel, n quis saber sobre o preço do aluguel e buscou poucas informações sobre o apartamento.

    Responder

    1. Diogo, “Quando a esmola é demais o santo desconfia”….rsrsrsrs muita cautela nesse hora. Procurar uma imobiliária para lhe orientar e trazer segurança para operação sem dúvidas é a melhor orientação que poderia lhe dar.

      Responder

  3. boa noite aqui em cuiaba tem uma mulher oferecendo casas imobiliadas no valor de 124 mil em condominioo fechado desde que pague 5 mil de entrada e 800 por mes mais 600 reais de condominio a luz e renda baixa apesar de ser de alto padrao o imovel com tudo planejado disse que tem que ser em nome de mulher e que quando mudar nao pode comentar o valor pago com os vizinhos nao pode documentar nem escriturar nem alugar mas pode morar a vida toda e passar aos filhos morar mas nao documenta diz ser de imoveis de empresarios que doam pra mulheres morar e de uma associaçao de maes que recebem as casas em doacao por isso tao facil de comprar sem levar nenhuma documentação apenas pagar os cinco mil e mudar ai pagar mensalmente e tambem nao pode quitar a casa em menos de 5 anos

    Responder

    1. Olá Chistiane! Muita atenção pois quando se trata de imóvel os valores transacionados são bem altos e o prejuízo pode representar a perda de valores de uma vida inteira. Sempre que comprar qualquer imóvel o registro dele é documento fundamental para segurança da transação

      Responder

  4. Um pessoa alugou meu imovel e na entrega apresentou um comprovante de deposito no valor de 6.000 (seis mil reais), mas o tal deposito foi feito com envelope vazio. Nao estava no momento da entrega das chaves…ela entregou para o porteiro que recebeu o recibo e entendeu estar tudo certo. Depois disso ela desapareceu. Alem do prejuízo dos 6 mil reais, ainda entregou o imovel sujo, sem pintar e com alguns moveis planejados estragados.
    que devo fazer?!

    Responder

    1. Olá Ana, tudo bem?

      Nesse caso você poderá ajuizar uma ação de cobrança do inquilino pelo valor não recebido e cobrar também pelos danos causados no imóvel. Espero ter ajudado.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *