Como a tecnologia pode aumentar a segurança em condomínios

Tempo de leitura: 4 minutos

A tecnologia está presente diariamente em nossas vidas, praticamente em todos os aspectos, inclusive para segurança em condomínios. Equipamentos, softwares e até mesmo a automatização já chegaram aos condomínios de todo Brasil. Alguns deles já chegam a investir milhões anualmente. Isso porque, segundo dados informados pela Polícia Civil de São Paulo, problemas com a segurança de condomínios são cada vez mais frequentes.

Economia x Segurança

economia-x-seguranca

Quando a questão é segurança, a maioria dos brasileiros prefere não economizar, porém, na maioria das vezes, conforme Fernando Salama, gerente operacional da Prot Soluções em Segurança, não sabem o que querem ou precisam, tornando-se necessário a contratação de uma empresa especializada. A ABESE – Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança, recomenda que antes de se adquirir equipamentos e contratar serviços, a elaboração de um projeto integrado de segurança, que contemple todos os recursos necessários para a proteção das pessoas e do patrimônio, considerando-se as características do local.

Ferramentas de tecnologia em condomínios

ferramentas-de-tecnologia-em-condominios

Quando falamos em tecnologia aplicada a segurança em condomínios, não consideramos apenas as tradicionais câmeras de segurança, mas outras ferramentas como:

  • Acesso ao prédio totalmente monitorados à distância e armazenamento de gravações em nuvem;
  • Sistema que funciona com câmeras e interfone (dispensando a necessidade de um porteiro);
  • Controle remoto de alta tecnologia (não podem ser clonados) da portaria e garagem para moradores;
  • Controles com a função “pânico” que permite ao morador, com apenas um botão, acionar a empresa de segurança instantaneamente sobre qualquer situação de risco;
  • Auditoria remota de acessos;
  • Controle de fluxo de correspondências e armazenamento de entrada e saída de pessoas, através de softwares especializados;

Dicas para manter a segurança em condomínios

Dicas para manter a segurança em condomínios

Apesar de todo arsenal disponível, a fim de potencializar a segurança dos condomínios, outros fatores são extremamente importantes para um sistema de segurança efetivo. O comportamento e a postura de moradores e funcionários são fundamentais para evitar assaltos e demais situações de risco.

Veja algumas dicas e saiba como cada um pode fazer sua parte para preservar a segurança em condomínios:

Síndicos:

  • Investir em treinamentos para os funcionários;
  • Promover campanhas de conscientização entre os moradores, visando conscientizá-los;
  • Padronizar a identificação de todos os visitantes do condomínio;
  • Criar um cadastro das empresas que fornecem produtos e serviços ao condomínio e aos moradores;

Moradores:

  • Participar das assembleias e reuniões;
  • Ao entrar ou sair do condomínio, ficar atento para a presença de estranhos nas imediações do edifício, posição de funcionários ou veículos desconhecidos próximos à garagem;
  • Evite acionar portões automáticos a uma longa distância, especialmente se observar a presença de “oportunistas” nas proximidades do prédio;
  • Evite deixar cópias de chaves em portarias, guaritas e recepções, assim como em locais “secretos” como batente de portas, embaixo de tapetes ou dentro de vasos;
  • Procure conhecer seus vizinhos e combinar medidas de auxílio mútuo, como sinais luminosos, telefonemas e outros códigos de emergência.

Funcionários

  • Cumprir as regras de segurança implementadas no condomínio, mesmo que isso desagrade alguém;
  • Antes de abrir o portão da garagem, procure identificar quem está dentro do veículo;
  • Inteirar-se das diferentes artimanhas utilizadas pelos assaltantes para entrar no prédio;
  • No caso de entregas em domicílio, como pizza, flores e farmácia, dentre outras, solicitar ao condômino para receber o solicitado na portaria;
  • Não fornecer informações sobre hábitos de condôminos ou sistema de funcionamento do condomínio a ninguém.

Para a maioria dos especialistas, prevenir é sempre melhor que remediar. Portanto, ao contratar uma prestadora de serviços para este fim, solicite um projeto especializado para seu condomínio.

A ABESE disponibiliza em seu site uma lista de empresas associadas, o que pode facilitar essa escolha.

Dica: Conheça o Connectt, aplicativo de gerenciamento de condomínios que permite a integração entre moradores, síndicos e funcionários, aumentando a segurança e proporcionando maior comodidade.

Conclusão:

De ações simples às ferramentas da mais alta tecnologia, investir na segurança dos condomínios é algo complexo. Exige investimentos e, principalmente, a colaboração de todos os envolvidos.

Gostou deste artigo? Compartilhe com sua equipe e ajude a propagar informação.

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *