05 Dicas para uma vistoria de imóveis bem-feita

Tempo de leitura: 4 minutos

Quem já conhece o mercado de administração de imóveis sabe que o contrato assinado não representa o fim do trabalho, mas apenas o começo. Algumas imobiliárias fazem a vistoria antes do contrato, já outra parte delas realiza esta etapa depois que as fichas forem aprovadas e o contrato  assinado.

Neste momento, muitos clientes estão empolgados demais, e só querem pegar a chave, dando pouca importância a vistoria. Por isso, é papel da imobiliária lembrar do quão importante ela é, e de como pode evitar problemas no futuro para ambas as partes.

Para te ajudar a fazer uma vistoria bem-feita, que ampara todos os envolvidos na transação imobiliária de aluguel, criamos este post com 05 dicas práticas para uma vistoria de imóveis de sucesso.

Leia também  Como Conseguir Melhores Resultados Com Administração de Imóveis

Dica #01: Se programe para a vistoria

Falta de tempo

Seu dia a dia é corrido, e de seu cliente também. Por isso ninguém pode perder tempo com desencontros. Agende a vistoria com antecedência e seja pontual. Outra dica importante é escolher um dia tranquilo, para que a vistoria seja feita de forma criteriosa. Fazer a vistoria no mesmo momento da entrega de chaves pode não ser muito interessante, já que o cliente estará eufórico e muito envolvido pela emoção da casa nova.

Dica #02 Tenha em mãos um check list

Assinar contrato sem ler

Cada imobiliária faz a vistoria de uma forma, e isso está diretamente ligado a sua gestão. Independente de como você faça, na hora da vistoria é importante ter em mãos um check list dos itens a serem observados. Você pode usar uma planilha impressa, um tablet, um aplicativo, enfim, não importa a forma. Nossa dica aqui é que a imobiliária tenha um padrão e que você não confie apenas em sua memória. Imagine se você esquece um item importante e futuramente isso gere um prejuízo para a imobiliária?

botao-vistoria

 

Dica #03: Não se esqueça da área externa

Não se esqueça da área externa

Na euforia para verificar o imóvel, muitas pessoas se esquecem de um pequeno e essencial detalhe: a vistoria começa ainda do lado de fora do imóvel, testando o funcionamento da campainha e depois conferindo a porta de entrada, por exemplo.

Lembre-se também de verificar a garagem, e caso haja: jardins, piscina e qualquer estrutura na área externa como churrasqueira fixa ou brinquedos de parquinho.

Dica #04: Dê atenção ao que não pode ser “visto”

Venda do mesmo imóvel para várias pessoas

Os itens que não podem ser vistos, os chamados “vícios ocultos”, que são mais estruturais, não deixam de ser importantes e merecedores da sua atenção. Esteja atento a:

  • Instalações Elétricas: Geralmente não há como serem testadas, pois o medidor de energia ainda não está instalado. Se este for o caso, deixa claro na em seu check list que as instalações elétricas não foram verificadas porque a energia ainda não estava funcionando. Se o cliente exigir uma nova vistoria após religação da energia,  verifique se todas as tomadas estão funcionando corretamente, e faça um teste em todos os bocais do imóvel, com uma lâmpada.
  • Instalações Hidráulicas – Ao entrar no imóvel, ligue todas as torneiras e deixe a água sair por cerca de dois minutos para verificar se não existem vazamentos nos sifões. Já nas descargas das bacias sanitárias, acione e veja se a vazão d’água é satisfatória, repetindo o acionamento na sequência por mais uma vez para ter certeza do bom funcionamento.

Dica #05: Registre tudo e seja transparente

Registre tudo e seja transparente

Não esqueça de registrar o imóvel e os detalhes importantes com fotos. Mesmo com a vistoria assinada, caso surja algum problema no futuro, as fotos serão uma prova da situação real que o imóvel foi entregue. Você não perde nada em resguardar a imobiliária.

Outro fator importante é manter a transparência com seus clientes, tanto com locadores quanto com locatários. Tentar esconder algum problema que certamente será descoberto mais tarde só vai trazer transtornos. Além disso, ao agir como consultor, mantendo a transparência e sendo claro com seus clientes, você os manterá satisfeitos, o que poderá levar ao fechamento de novos negócios.

Leia também  Satisfação de clientes em imobiliárias: 03 fatos que você não pode deixar de saber

Conclusão

A vistoria é imprescindível na avaliação de um imóvel, pois se caracteriza peIa minuciosa verificação e registro do bem avaliado e das condições que o cercam. Justamente devido a sua importância, a vistoria deve ser um instrumento bem elaborado e preciso, sobretudo em se tratando de imóvel para alugar. Neste caso,  além de poder se integrar ao contrato de locação, poderá servir para esclarecer eventuais dúvidas que possam surgir durante a locação ou ao seu final, notadamente com relação ao estado de conservação do imóvel.

 

Baixar Check List Vistoria

1 Comentário


  1. Fiz vistoria com uma empresa chamada Rede Vistorias, ficou ótimo, recomendo

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *